Portal Pinzón | O seu portal de Pernambuco

Pernambuco - Brasil

Terça, 21 de Novembro 2017.



RECIFE

23/10/2017 14:15:31

Jarbas Homem Melo inicia participação no Festival de Dança

Bailarino ministra Oficina de Teatro Musical, até 4ª, no Teatro Luiz Mendonça

O bailarino Jarbas Homem de Melo inicia hoje sua participação na programação do 22º Festival de Dança do Recife, evento com programação educativa e artística, oferecido pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife. A partir das 13h, ele ministra uma oficina, com duração de três dias, no Teatro Luiz Mendonça, no Parque Dona Lindu.

Na quarta-feira (25) à noite, a partir das 20h, no mesmo Luiz Mendonça, o bailarino apresentará uma coreografia na programação do Festival de Dança. O número será baseado no musical Cantando na Chuva, atualmente em cartaz em São Paulo, que foi buscar inspiração na Broadway e mobiliza mais de 200 pessoas, entre bailarinos e equipe técnica. Os ingressos custam R$ 10 e R$ 5 e estarão à venda na bilheteria do teatro.

A oficina, que começa hoje e tem três dias de duração, sempre das 13h às 17h, ensinará técnicas de preparação de voz e corpo para musicais. Ainda há vagas.

Também de hoje a 25, será oferecida uma oficina de Dança do Ventre, na Escola de Frevo do Recife, das 14h às 16h, ministrada pelo mineiro Igor Kishka.

Os interessados nas oficinas podem se inscrever pelo e-mail: servicosdedancafccr@gmail.com, encaminhando anexado um breve currículo. Para mais informações: 3224-3257.

Programação artística - No palco, a programação do Festival de Dança continua, na noite de hoje, com dois espetáculos: Para Sempre Teu, da Cia Qualquer Um de 2, de Petrolina, e o Homem Invisível, da Cia Mário Nascimento, de Belo Horizonte.

Com direção e coreografia de Jailson Lima, Para Sempre Teu, da petrolinense Cia Qualquer Um de Dois, trata, com quatro bailarinos em cena, da reconstrução de individualidades fragmentadas e da busca pela completude que nunca se sabe completa e das contradições que remetem ao que cada um carrega de mais coerente. O espetáculo será no Teatro Apolo, às 19h.

Dando continuidade ao festival, o Solo do bailarino mineiro Mario Nascimento, O homem Invisível é uma ode à criatividade e à ousadia de conceber o que ainda não existe, adentrando em territórios desconhecidos e deixando-se levar pelo caos do desconhecido, para fazer nascer o novo. "Minha dança tem a angústia da urgência", define o bailarino.

Domingo  – Ontem (22), o espetáculo Eu por detrás de Mim, da Diadema Cia de Dança (SP),  iniciou a segunda noite do Festival de Dança no palco do Barreto Junior, às 19h. Transitando pelo mundo dos reflexos e das reflexões, sugerindo a possibilidade de um universo existente por trás do espelho, a apresentação surpreendeu o público, com o inusitado convite de uma pessoa da plateia para assistir o espetáculo do palco.

No palco do Teatro de Santa Isabel, o vencedor do prêmio de Melhor Espetáculo de Dança de 2011, promovido pelo Sindicato dos Produtores de Artes Cênicas de Minas Gerais, Território Nu, da Cia Mário Nascimento, tratou  de territórios objetivos e substantivos, com seis bailarinos em cena, mais o coreógrafo Mário Nascimento, que se juntou aos bailarinos para a coreografia.

A funcionária pública, Rosinalva Xavier, 50 anos, ficou sabendo do festival pela filha e foi conferir a programação. "Minha filha foi para a abertura e ficou encantada, gostou tanto que voltou hoje e me trouxe. Com certeza, participaremos dos outros dias", disse.

Maria José, 47 anos, adorou o espetáculo Eu por Detrás de Mim. "Achei impressionante. São corpos que falam", afirmou a professora. A fisioterapeutra Suellen Cardoso, 25 anos, que fez sua estreia na plateia do festival na noite de ontem, aprovou a programação. "Gostei demais! Com certeza vou assistir outros dias."

Confira a programação dos próximos dias:

22º FESTIVAL DE DANÇA DO RECIFE

 

OFICINAS

- De 23 a 25 de outubro

Oficina Dança do Ventre

Local: Escola de Frevo do Recife

Horário: das 14h às16h

Classificação: a partir de 14 anos

Professor: Igor Kishka

Vagas: até 40 alunos

 

Oficina Teatro Musical

Local: Teatro Luiz Mendonça

Horário: das 13h às 17h

Classificação: a partir de 16 anos

Professor: Jarbas Homem de Melo

Vagas: até 40 alunos

- De 23 a 27 de outubro

 

Oficina de Dança Contemporânea

Local: Paço do Frevo

Horário: das 11h às 13h

Classificação: a partir de 18 anos

Professor: Mario Nascimento

Vagas: até 30 alunos

 

Oficina de Frevo

Local: Paço do Frevo

Horário: 14h às 16h

Classificação: a partir de 10 anos

Professor: José Valdomiro

Vagas: até 30 alunos

 

Oficina de Dança Afro

Local: Paço do Frevo

Horário: das 16h às 18h

Classificação: a partir de 12 anos

Professor: Tiago Ferreira

Vagas: até 40 alunos

 

- De 24 a 26 de outubro

 

Oficina de Dança de Salão

 

Local: Teatro Hermilo Borba Filho

 

Horário: das 15h às 17h

 

Classificação: a partir de 18 anos

 

Professor: Jaime Arôxa

 

Vagas: até 50 alunos

 

ESPETÁCULOS

 

 Dia 23

 

Para Sempre Teu - Da Cia Qualquer Um de 2 (Petrolina), às 19hs, no Teatro Apolo

Homem Invisível - Da Cia Mário Nascimento (BH), às 20h, no Teatro Barreto Júnior

 

- Dia 24

 

Garrafa Enforcada - Da Cia Mário Nascimento (BH), às 20h, no Teatro Apolo

Caio - Da Cia Qualquer Um de 2 (Petrolina), às 19h, no Teatro Hermilo Borba Filho

Sr Will - Da Cia Giro 8 (Goiás), às 21h, no Teatro Barreto Júnior

- Dia 25

Bumba Meu Boi - Do Grupo Matulão (PE), às 19h, no Teatro Barreto Júnior

Mostra de Coreografias - Com Jarbas Homem de Melo (SP), Roberto Cristiano (PE), Cia do Frevo (PE), Cia Carol Lemos de Sapateado (PE), Igor Kisrcka (BH), Claudio Sobral (PE) e Cia PE-Nambuco deDança (PE), às 20h, no Teatro Luiz Mendonça

- Dia 26

 

ZOE - Do Grupo Cultural ZOE (PE), às 21h, no Teatro Apolo. Indicação etária: 18 anos

 

Mostra de Coreografias - Com Jaime Arôxa (RJ), Lili Vidal e Kelson (PE), Cristian Douglas (PE), Cia Amazing (PE), Jeferson Andrade e Munique Munir (PE) e Valdeck Farias (PE), às 20h, no Teatro Barreto Júnior

 

- Dia 27

 

Na Mancha ninguém Pega – Do Encena Arte e Cidadania (PE), às 10h, no Compaz Escritor Ariano Suassuna

 

Quadrilha Junina Mirim – Do Grupo Cultural Menezes (PE)

 

Graxa – Do Projeto Graxa, às 19h, no Teatro Barreto Júnior

 

Mostra de Coreografias Clássicos da Noite - Com São Paulo Cia de Dança (SP), Ballet Simone Monteiro (PE), Cia Carol Lemos D"ançarte (PE), Ária Social (PE), Cia Endança (PE) e Ballet Claudia São Bento (PE), às 20h, no Teatro Luiz Mendonça

 

- Dia 28

 

 Re/In-flexão - De Valeria Vicente (PE), às 19h, no Teatro Hermilo Borba Filho

 

A Batalha de Hip Hop  – Do grupo Ginga Bboys e Bgirls, da Associação Metropolitana de Hip Hop, das 14h às 21h, no Compaz Eduardo Campos 

 

- Dia 29

 

Memória de Brinquedo – Curitiba Cia de Dança (PR), às 20h, no Teatro Luiz Mendonça

Fonte: Imprensa recife





Comente esta notícia

Indique a um amigo

*Preenchimento obrigatório


© 2000 - 2013. pinzon.com.br | Todos os direitos reservados.

by nuvon | www.nuvon.com.br