Portal Pinzón | O seu portal de Pernambuco

Pernambuco - Brasil

Terça, 12 de Dezembro 2017.



JABOATÃO

30/11/2017 11:46:29

Alunos brigam e arremessam cadeiras em confronto

Briga foi na Escola Estadual Edson Moury Fernandes,na Muribeca

(FOTO: REPRODUÇÃO/WHATSAPP)

Por Thays Estarque

O pátio da Escola Estadual Edson Moury Fernandes, no bairro da Muribeca, Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, foi palco de um confronto entre estudantes do Ensino Médio. O caso ocorreu na terça-feira (28). 

A Secretaria de Educação do Estado lamentou o ocorrido e apontou que a briga foi motivada por uma desavença em uma partida de futebol na unidade de ensino. Segundo uma aluna do 1º ano do Ensino Médio, que preferiu não ser identificada, a tensão começou no dia anterior à briga registrada em vídeo, que mostra os estudantes se xingando e se agredindo. As cadeiras, que ficam disponíveis para os alunos no pátio, foram usadas como armas. Elas ficaram totalmente destruídas.

No vídeo, é possível ouvir também muita gritaria e estudantes correndo do confronto. A aluna contou ainda que a briga aconteceu entre estudantes do 2º e do 3º ano. Essa não seria a primeira vez que os ânimos ficaram exaltados. A tensão na escola acontece já há algum tempo, segundo a jovem.

"Sempre teve briguinhas, mas não de chegar nesse ponto. Por conta dessas brigas, a Polícia Militar vinha fazendo ronda dentro do colégio. A escola até tentou fazer uma semana com atividades sobre a paz, mas não funcionou", contou.

A Polícia Militar informou que dois alunos, um professor e um vigilante ficaram feridos durante o confronto. Eles foram socorridos para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Em seguida, foram encaminhados para a Gerência de Proteção a Criança e ao Adolescente (GPCA) em Prazeres para prestar depoimento. Três estudantes, todos adolescentes de 16 a 17 anos, foram apreendidos pela PM e levados para a GPCA.

Segundo a Secretaria de Educação do Estado, as aulas na unidade de ensino foram suspensas nesta quarta para a realização do Sistema de Avaliação da Educação de Pernambuco (Saepe). Tendo que voltar para a rotina na quinta-feira (30), a aluna do 1º anos disse que está com medo de retornar para o colégio.

"Nós que não temos nada a ver com a briga estamos assustados. Podemos estar no meio, vir outra pessoa com raiva, começar uma confusão e a gente acabar feridos. Agora, temos que andar ligados porque não sabemos o que vai acontecer", concluiu.

Resposta

Em nota, a Secretaria de Educação do Estado lamentou o ocorrido e afirmou que a escola tomou as providências cabíveis. "Ressaltamos que a unidade de ensino realiza trabalhos pedagógicos de cultura de paz e reprova qualquer tipo de violência, seja ele praticada dentro ou fora do ambiente escolar", disse.

Procurada pela reportagem, a Polícia Civil informou que foram feitos três Boletins de Ocorrência Circunstanciado (BOC) por atos infracionais análogos a lesão corporal contra três adolescentes envolvidos na briga. Os menores irão responder ao procedimento em liberdade.

Fonte: G1PE





Comente esta notícia

Indique a um amigo

*Preenchimento obrigatório


© 2000 - 2013. pinzon.com.br | Todos os direitos reservados.

by nuvon | www.nuvon.com.br