Portal Pinzón | O seu portal de Pernambuco

Pernambuco - Brasil

Domingo, 20 de Agosto 2017.



CARUARU

11/07/1049 10:49:00

Cinturão Verde ganha espaço em Caruaru

212 produtores rurais já participam do programa

 A zona rural de Caruaru, que compreende 12% da população total do município, tem recebido grandes incentivos que visam o desenvolvimento e a produtividade da região. Mas, para que todo trabalho seja bem desempenhado e que todos os recursos sejam aproveitados ao máximo, organizar as etapas das atividades que serão potencializadas é o principal passo. Foi assim que a Secretaria de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar realizou um minucioso trabalho de análise e coleta de dados em todo o território rural. A sugestão veio também de plenárias que foram realizadas com os agricultores familiares em cada distrito. De todo esse processo foi possível observar que os produtores rurais já se organizavam naturalmente e plantavam de forma independente. Então, surgiu a ideia de organizar as redes produtivas do município através do Cinturão Verde.

           O Cinturão Verde é uma área composta por diversos plantios, distribuídos pelos quatro distritos de Caruaru. Através da organização do Cinturão é possível promover o desenvolvimento dos agricultores familiares que possuem o DAP (Declaração de Aptidão ao Pronaf) e que participam da cadeia produtiva da cidade. São promovidas ações integradas que articulam políticas públicas com o intuito de otimizar recursos e promover o desenvolvimento rural sustentável, como também proporcionar uma melhor qualidade de vida para a população rural. É bem verdade que o agricultor participava do Cinturão, mas ainda não sabia. Muitos programas já estavam em execução, mas a arrumação da "casa" era o que faltava.

            Para estabelecer a logística do Cinturão Verde, começou a ser realizado um levantamento a partir dos assentamentos do MST. Ao todo, foram identificados nove assentamentos, onde 257 famílias viviam de agricultura. O segundo passo foi subdividir os quatro distritos do município em número de produtores, grupos e núcleos. Os grupos correspondem aos espaços geográficos que reúnem produtores com atividades econômicas relevantes para a agricultura familiar. Já os núcleos representam cada localidade produtora. O Cinturão Verde tem proporcionado um melhor aproveitamento dos produtos resultantes da agricultura familiar, pois é possível utilizar cada vez mais o que é produzido na zona rural da cidade. O agricultor é identificado e pode ser beneficiado através dos programas desenvolvidos pela prefeitura, em parceria com os governos estadual e federal.

            De acordo com dados da Secretaria de Desenvolvimento Rural, 212 agricultores participam atualmente da organização do Cinturão Verde. No momento em que cada distrito é subdividido, surgem as redes produtoras ou agroindústrias, que são organizações formais de produtores de um mesmo segmento. As redes se assemelham a uma central de negócios, que possibilitam o fortalecimento dos agricultores com produtos semelhantes e proporcionam uma melhora nas atividades de produção, agregando valor ao que é produzido. Ao todo, cinco agroindústrias estão em desenvolvimento no município: Caprino/Ovino, Fruticultura, Avicultura, Hortaliças e Mandioca/Milho. O Cinturão Verde tem muito a crescer. O objetivo é fortalecer as atividades desenvolvidas pelos produtores da zona rural, de forma a incluí-los na área de agronegócios e ainda proporcionar um aumento de renda, profissionalização e valorização dos produtos cultivados. 

            Participar das agroindústrias que compõem o Cinturão Verde têm sido de grande importância para os produtores rurais. Tiago Norberto, da comunidade de Pau Santo, é um dos integrantes da rede produtiva de Avicultura. Para ele, colaborar com a produção de galinha e ovos para os programas do município tem melhorado a renda familiar. "Antes, quando a gente criava galinhas não tinha muito comércio. Hoje a gente recebe apoio, tem um comércio mais forte e um aumento na produção. A renda também cresceu, porque antes as galinhas eram vendidas em um preço muito abaixo na feira, mas agora nossa produção tem valor e destino certo", explica o produtor. O agricultor Antônio Santos da vila Peladas também desfruta da mesma realidade. Ele participa das agroindústrias de Hortaliças e Mandioca/Milho e certifica que muitos são os benefícios em cooperar com as redes produtivas do Cinturão Verde. "Era muito mais difícil. Hoje em dia já consegui muitas coisas pro meu terreno, tudo isso através da rede de produção, porque a gente consegue vender por preços bem melhores ao município", ressalta. 


PROGRAMAS
 


            Um dos fatores principais para se estabelecer o Cinturão Verde é ter a possibilidade de identificar cada agricultor rural, conhecer o que produz e em que localidade através da Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP). Essa identificação é primordial quando se trata de incluir as famílias dos produtores em políticas públicas. O agricultor que integrar as agroindústrias tem a oportunidade de fornecer para os programas de aquisição de alimentos (PAA e PNAE), como também pode participar do Minha Casa, Minha Vida Rural, Georreferenciamento e Titularização de Terras, Seguro Safra, Estradas do Desenvolvimento e Terra Pronta.

Fonte: PREFEITURA DE CARUARU





Comente esta notícia

Indique a um amigo

*Preenchimento obrigatório


© 2000 - 2013. pinzon.com.br | Todos os direitos reservados.

by nuvon | www.nuvon.com.br