Portal Pinzón | O seu portal de Pernambuco

Pernambuco - Brasil

Segunda, 24 de Setembro 2018.



NACIONAL

20/08/2018 11:54:03

Libertado em Natal, homem preso por engano

Caso foi por erro no mandado de prisão expedido pela Justiça de Serra Talhada/PE

(FOTO: ACSON FREITAS/INTER TV CABUGI)

Centro de Detenção Provisória de Candelária, Zona Sul de Natal

Por Acson Freitas

Um homem foi solto após ficar 10 dias preso em Natal por um crime que nunca cometeu. O caso aconteceu graças a um erro no mandado de prisão expedido pela Justiça de Serra Talhada, em Pernambuco, e uma série de coincidências. Ele foi solto neste final de semana.

O nome real do procurado era Paulo Sérgio da Silva, porém, no mandado, foi adcionado o sobrenome Gomes, ficando Paulo Sérgio Gomes da Silva - o mesmo nome de um corretor de motos que vive em Natal.

Sem suspeitar de nada, o corretor foi preso em uma abordagem de rotina da Polícia Militar, que consultou seu nome no banco de mandados em aberto. Outra coincidência que corroborou com a prisão foi o nome da mãe dele - igual ao nome da mãe do verdadeiro réu.

Na delegacia, a prisão foi mantida e o corretor foi levado para o Centro de Detenção Provisória de Candelária, na Zona Sul da capital.

"Fui pra delegacia, dormi lá só de cueca. De manhã me levaram para o Itep, só de bermuda, nao me deixaram nem calçar o sapato. Me trouxeram para cá e fiquei 10 dias sofrendo o pão que diabo amassou", relatou o homem.

Dois advogados conseguiram provar na Justiça que o corretor de motos foi preso de forma errada, mas ninguém estava apto a soltá-lo. Nesta sexta-feira (17), porém, após 10 dias de prisão, o juiz da 12ª Vara Criminal de Natal emitiu um alvará de soltura para que fosse cumprido de forma imediata. Emocionada, a família acompanhou a soltura de Paulo Sérgio.

"É muito injusto prender um inocente. Quantas vezes ele não falou que ele era inocente? Fiquei arrasada", disse a irmã do homem, Patrícia Gomes.

Procurado o Tribunal de Justiça do RN informou que atuou para reparar o erro que prendeu o corretor.

Fonte: G1





Comente esta notícia

Indique a um amigo

*Preenchimento obrigatório

Guia Pinzón / Links Patrocinados