Portal Pinzón | O seu portal de Pernambuco

Pernambuco - Brasil

Quarta, 26 de Julho 2017.



COLUNISTAS

Paiva Netto EscrevePaiva Netto

09/05/2013 04:11:38

A mulher e "o blecaute do aborto"

Vem aí o Dia das Mães. É delas o mais eficiente instinto de proteção aos pequeninos, a começar por seus filhos. Ninguém melhor para nos inspirar no socorro à vida inocente no útero, que segue ainda cercada de perigos, a exemplo do aborto.
Lamentavelmente, até por falta de informações, há quem proclame como aceitável esse "blecaute nos trilhões de células do organismo da gestante", como bem ilustra a especialista Lilian Piñero Eça, doutora em Biologia Molecular. Além de não darem relevância aos problemas físicos, psíquicos e espirituais, que podem ser irreversíveis na estrutura orgânica feminina, ficam alheios ao silencioso grito de dor da vida que principia.
Ao falar à Boa Vontade TV (canal 23 da SKY), a dra. Alice Teixeira Ferreira, médica e professora livre-docente do Departamento de Biofísica da Universidade Federal de São Paulo, assegura que "a vida se inicia na fertilização do óvulo pelo espermatozoide. Então, se forma no primeiro dia. (...) A partir desse ponto forma-se um ser humano caracterizado pelos seus 46 cromossomas, metade vinda do pai e metade vinda da mãe, mas ele é totalmente diferente do pai e da mãe. Ele tem um genoma que lhe é específico e irreproduzível. (...) Não tem base científica nenhuma essa história de que só é ser humano na hora que forma o tubo neural, aos 14 dias. É um absurdo. (...) Cada vez se acumulam mais e mais evidências de que o ser humano se inicia na concepção".
Fica esse alertamento da dra. Alice, por sinal em consonância com o juramento de Hipócrates, que igualmente prescreveu o respeito à vida uterina.

MOMENTO ESPORTIVO PREMIADO
Marcelo Figueiredo, coordenador da equipe de esportes da Super Rádio Brasil (AM 940 - de 2ª a 6ª feira, a partir das 12h10), na capital fluminense, informa-nos que, no dia 29 de abril, a Associação dos Cronistas Esportivos do Rio de Janeiro (Acerj) promoveu a terceira edição do Prêmio João Saldanha de Jornalismo Esportivo. O evento, ocorrido na sede do Botafogo de Futebol e Regatas, agraciou os melhores trabalhos jornalísticos de 2012.
O programa "Momento Esportivo", da Super Rádio Brasil, foi premiado pela segunda vez, conquistando este ano duas colocações na categoria "Rádio": o primeiro lugar, com a matéria "Ricardo Gomes: um ano depois", do repórter Gustavo Penna; e o segundo, com a reportagem "Racismo no esporte", do repórter Rafael Araújo.
Gustavo Penna comentou: "Participar pelo segundo ano consecutivo do Prêmio é um motivo de grande orgulho. Agradeço à Acerj por promover essa importante iniciativa e, em especial, à direção da Super Rádio Brasil e da LBV por confiarem no meu trabalho, incentivarem meu crescimento pessoal e profissional, além de oferecerem a credibilidade do programa "Momento Esportivo' como vitrine todos os dias".
Ao falar em nome da equipe, Marcelo Figueiredo ressaltou dois fatores presentes na Super Rádio Brasil, fundamentais para a imprensa esportiva e para o desempenho deles: confiança e liberdade de expressão.
Parabéns a todos! Esse espaço que abri na mídia da Boa Vontade tem o propósito de levar para a área esportiva conceitos de paz e solidariedade, firmados no Evangelho e no Apocalipse de Jesus, o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista.
Em Brasília, sintonize a Super RBV pelas emissoras: AM 1.210 kHz e FM 88,9 MHz (Santo Antônio do Descoberto/GO).

José de Paiva Netto é jornalista, radialista e escritor.
paivanetto@lbv.org.br - www.boavontade.com

Paiva Netto


© 2000 - 2013. pinzon.com.br | Todos os direitos reservados.

by nuvon | www.nuvon.com.br