Alunos da rede de ensino do Jaboatão serão embaixadores da Justiça Climática

0
Foto: Leandro de Santana/PJG

Programa lançado pela Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes, visa contribuir com a preservação do meio ambiente a partir da educação ambiental

Contribuir com a preservação do meio ambiente a partir da educação ambiental. Essa é a proposta do Programa de Formação de Embaixadores da Justiça Climática, lançado pela Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes. O curso, em parceria com a International Council for Local Environmental Initiatives América do Sul (ICLEI), irá formar 480 crianças do município, com idades entre 7 a 12 anos, de 8 escolas da rede de ensino, para que elas se tornem multiplicadoras de ações que estimulem a proteção da natureza e a sustentabilidade, tanto na rede escolar quanto no âmbito familiar.

A solenidade aconteceu na Escola José Rodovalho, em Candeias, com as presenças do secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Edson Queiroz, a secretária Executiva de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano do Jaboatão, Ana Paula Pontes, da secretária de Educação e Esportes, Iany Jardim, do secretário executivo do ICLEI América do Sul, Rodrigo Perpétuo, e gestores do município.

Até o final do ano, estão programadas várias atividades, tais como oficinas temáticas voltadas para a questão climática, energia limpa, emissão de gás carbônico na atmosfera, descarte correto dos resíduos, entre outras. Ao final da capacitação, os participantes farão o plantio de árvores em locais estratégicos do município e também irão elaborar um projeto ambiental voltado para o bairro que fica no entorno da sua escola.

A ação é promovida pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano do município, com o apoio da Secretaria de Educação e Esportes e será executado pela ICLEI. O prefeito Mano Medeiros comentou a respeito da importância de promover políticas públicas voltadas para a preservação do meio ambiente. “Essa é uma pauta que devemos nos debruçar para que sejam adotadas medidas que reduzam significativamente a poluição em rios, mares e outros biomas. Tenho certeza que este será o primeiro de muitos projetos exitosos que serão desenvolvidos aqui em Jaboatão na área ambiental”, falou o prefeito.

O secretário Edson Queiroz destacou a importância do programa trabalhar a questão ambiental com a criançada. “Para disseminar a cultura da preservação e melhoria do meio ambiente nada melhor que trabalhar o tema com alunos da Educação Infantil, pois eles são multiplicadores das boas práticas”, disse Edson.

De acordo com Rodrigo Perpétuo, do ICLEI, o programa pretende atingir o maior número de estudantes. “É justamente na escola que recebemos conhecimento e informações para formar cidadãos. Jaboatão foi a primeira cidade da Região Metropolitana a receber esta ação e queremos que outros municípios abracem essa causa tão importante”, pontuou Rodrigo.

O aluno do 2° ano da Educação Infantil, João Lucas ficou feliz em saber que irá aprender coisas novas a respeito da preservação do meio ambiente. “Temos que diminuir a poluição e separar o lixo para que ele seja reciclado e não seja jogado nas ruas e nos rios”, disse o pequeno Lucas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here