“Cinema, o retrato da vida”, por Oscar D’Ambrosio, hoje apresentando: A agonia de viver

0
Oscar D'Ambrosio é jornalista pela USP, mestre em Artes Visuais pela Unesp, graduado em Letras (Português e Inglês) e pós-doutorando e doutor em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e Gerente de Comunicação e Marketing da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Por Oscar D’Ambrosio

Há vidas e mortes misteriosas, que beiram o inexplicável. É o caso da existência de Johnny Thunders (1952 – 1991), pseudônimo de John Anthony Genzale Jr. Guitarrista, vocalista e compositor de rock and roll/punk rock, ganhou destaque no começo dos anos 1970, por ser guitarrista da banda nova-iorquina The New York Dolls.

Mais tarde, tornou-se integrante dos The Heartbreakers e, posteriormente, artista solo, mas, apesar do seu consistente legado musical, algo que o tornou imortal foi seu falecimento em Nova Orleans, com o corpo encontrado, em circunstâncias nunca esclarecidas, dobrado em forma de U, debaixo de uma mesa do seu quarto de hotel.

É justamente o número de seu quarto que motiva o filme “Room 37”, que reúne os principais elementos que estão relacionados a essa morte: pertences roubados; ausência de quantidade significativa de droga em seu corpo para provocar morte, segundo a autópsia; corpo consumido pela leucemia e, talvez, complicações advindas da AIDS.

Tudo isso é explicitado numa narrativa irônica e surreal, em que esse e outros elementos se mesclam conduzidos numa atmosfera sombria, em que a tortura da existência predomina a cada instante e a proximidade da morte se faz onipresente, seja pelas drogas, seja pela violência, seja pela desistência da agonia de viver.

Oscar D’Ambrosio é jornalista pela USP, mestre em Artes Visuais pela Unesp, graduado em Letras (Português e Inglês) e pós-doutorando e doutor em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e Gerente de Comunicação e Marketing da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here