Décio Padilha, Secretário de Fazenda de Pernambuco, é o novo presidente da Comsefaz

0

De acordo com Décio Padilha, todo empenho às questões federativas será uma prioridade, com a força da convergência dos Secretários de Fazenda dos Estados

O Comsefaz (Comitê Nacional dos Secretários de Fazenda dos Estados e do Distrito Federal) realizou, nesta terça-feira (08) uma reunião extraordinária para eleição complementar de mandato Comsefaz Biênio 2021/2023. Eleito por aclamação, Décio Padilha, secretário de Fazenda de Pernambuco é o novo presidente do Comitê.

“Dedicaremos todo empenho às questões federativas e, com a força da convergência dos Secretários de Fazenda dos Estados, temos certeza que vamos dar grande colaboração para ajudar a construir um país mais equânime para os brasileiros”, afirma Padilha.

O mandato da atual presidência se encerraria somente em 2023. Com a renúncia do de Rafael Fonteles, o colegiado elegeu Padilha para presidi -lo. Nesta segunda-feira (07), Fonteles informou que deixaria o comando do Comitê Nacional dos Secretários de Fazenda dos Estados e do Distrito Federal para concorrer ao cargo de governador do Piauí nas eleições de 2022. Para o ex-presidente, estes anos à frente do Comsefaz foram anos de muito trabalho e conquistas, que nunca os Estados tiveram um papel de tamanho protagonismo na agenda política nacional.

“Deixo o Comsefaz com a convicção de que fizemos um grande trabalho em defesa dos Estados e dos interesses federativos. Vamos para uma nova missão e para novos desafios, agora com ainda mais convicção da importância do poder público como instrumento de promoção do bem-estar coletivo”, Rafael Fonteles.

Além do novo presidente, foram definidas as vice-presidências que se encontravam vagas: Fernanda Pacobahyba/CE (5ª VP Região Nordeste) e Gustavo Barbosa/MG (3ª VP, Região Sudeste). Da mesma forma, o Conselho Fiscal preencheu as seguintes vacâncias: membro titular Marcellus Alves/MA e, eleitos membros suplentes Marcelo Altoé/ES e Júlio Edstron/TO.

A reunião foi realizada por videoconferência. Além da escolha do novo presidente, os secretários discutiram, entre outros assuntos legislativos e financeiros, posição a favor do PL 1472/21, em tramitação no Congresso, como a medida mais eficaz para solucionar a crise em relação ao preço dos combustíveis, bem como, sobre a LC 190/22, o Difal.

Décio Padilha da Cruz é pernambucano, formado em Administração pela Universidade de Pernambuco (UPE) e começou sua vida profissional como gerente da agência do Banco Banorte. Servidor de carreira da Secretaria da Fazenda de Pernambuco (Sefaz-PE), onde ingressou por meio de concurso público há mais de 25 anos. Ocupou diversos cargos na administração pública, entre eles o de Secretário de Administração, Secretário da Fazenda, Presidente da Copergás, Diretor Comercial e Diretor de Gestão Corporativa da Compesa. Padilha retornou ao cargo de Secretário da Fazenda em janeiro de 2019, no Governo Paulo Câmara.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here