Descarte incorreto de materiais cortantes, como vidro quebrado e perfurantes, tem provocado muitos acidentes em profissionais que coletam lixo

0

Diariamente, profissionais se ferem  comprometendo o trabalho e a sua saúde. descartar o lixo corretamente é um gesto de amor ao próximo.

Os coletores de lixo, que tanto contribuem para a organização e limpeza das vias públicas, não encontram, muitas vezes, a mesma colaboração para executarem o trabalho de forma segura. Diariamente, muitos desses profissionais se ferem em acidentes provocados pelo descarte inadequado de materiais cortantes, como vidro quebrado e perfurantes, como agulhas e pregos.

Ferimentos profundos, por exemplo, podem atingir um vaso sanguíneo e lesar tendões, nervos e articulações, comprometendo simples movimentos, como esticar e flexionar os dedos, explica o presidente da SBCM (Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão), Dr. João Baptista Gomes dos Santos. “Os nervos dos dedos são frequentemente acometidos nos cortes e o sintoma típico é a dormência em uma das bordas dos dedos, associada à sensação de choques na região do corte”, explica o especialista.

As mãos e punhos têm estruturas complexas, de grande importância no corpo, pois são formados por muitos ligamentos, ossos e nervos, que propiciam sensibilidade e comandam os movimentos dos músculos e tendões, e importantes artérias que irrigam os membros. “Uma lesão nas mãos traz graves consequências para a vida das pessoas. No caso dos coletores de lixo, eles precisam ser afastados do trabalho ou, dependendo da gravidade da lesão, nem conseguem mais exercer o ofício, o que resultará em um impacto econômico em sua renda”, salienta o presidente da SBCM.

Ao ocorrer uma lesão de tendão ou nervo, Dr. João ressalta que a pessoa deve ser encaminhada a um especialista em cirurgia de mão, para o tratamento adequado do problema. “Para prestar os primeiros socorros antes do encaminhamento ao médico, se o ferimento for profundo, pressione um pano limpo sobre o corte. Se ele não for tão profundo, o sangramento deve parar em alguns minutos. Em seguida, lave a ferida com água e sabão”, fala. “Se houver pedaço de algum objeto cravado no corte, é indicado que não retire até chegar ao especialista, pois pode provocar um sangramento maior”, acrescenta.

Como descartar o lixo corretamente

Medidas simples na hora de descartar materiais cortantes e perfurantes contribuem com o trabalho dos coletores de lixo. Veja de que maneira ajudar:

– Agulhas e seringas não podem ser descartadas no lixo comum, porque além de perfurar a pele, podem transmitir doenças. O ideal é encaminhar esse material a um posto de saúde, para que o local possa fazer o descarte correto do resíduo.

– Em caso de vidro quebrado, coloque os cacos em embalagens seguras, que podem ser, inclusive, aproveitadas de recicláveis, como garrafas PET e caixas de leite. Se optar por descartar na garrafa de plástico, corte um pouco acima do meio, armazene os cacos de vidro no interior, recoloque a tampa com o bico para dentro e passe uma fita adesiva. Tanto na PET, quando na embalagem de leite, identifique com uma caneta, em letras grandes, o que está dentro de seu interior.

– Para as tampas serrilhadas das latas, que também podem machucar, a recomendação é dobrá-las para dentro.

– Pregos, parafusos, arames e lascas de madeira devem seguir a mesma orientação para os vidros.

Sobre a Sociedade Brasileira de Cirurgia de Mão

A SBCM (Sociedade Brasileira de Cirurgia de Mão), fundada em 1959, congrega médicos especialistas em Cirurgia da Mão e Reconstrutiva do Membro Superior. A instituição promove a formação de profissionais, além de fornecer condições para atualização permanente, sob a forma de ensino, pesquisa, educação continuada, desenvolvimento cultural e defesa profissional.

Mais informações em http://www.cirurgiadamao.org.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here