Governador de Pernambuco, Paulo Câmara, anunciou na manhã desta 2ª feira (09), o novo Centro de Distribuição da empresa MadeiraMadeira, no município do Cabo

0
Foto: Hélia Scheppa/SEI

Empresa estima um faturamento superior a R$ 850 milhões no acumulado até 2024. Também serão abertas 11 lojas-conceito no Estado

Mais um empreendimento chega a Pernambuco, atraído pelas condições diferenciadas oferecidas pelo Plano Retomada do Governo do Estado. O governador Paulo Câmara anunciou, nesta segunda-feira (09.08), o novo centro de distribuição da empresa MadeiraMadeira, no município do Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife. Com uma área de 10mil m² – tendo ainda a possibilidade de expansão imediata – a companhia estima faturar mais de R$ 850 milhões no acumulado até 2024, além de gerar 120 empregos diretos e indiretos. As operações devem ser iniciadas já em setembro. A MadeiraMadeira também planeja a abertura de 11 Guide Shops (lojas-conceito) no Estado.

“Estamos avançando na geração de emprego e renda, dentro do processo de retomada, tão importante para o futuro de Pernambuco. É satisfatório saber que as empresas de comércio eletrônico estão nos escolhendo para instalar seus centros de distribuição. A MadeiraMadeira viu no nosso Estado o local adequado para fazer toda a infraestrutura necessária à distribuição dos produtos que vende pelo Nordeste”, destacou Paulo Câmara.

De acordo com o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Julio, o fato de Pernambuco ser um hub logístico foi determinante nesse trabalho de atração do empreendimento. “Temos acesso a 90% do PIB da região, localizados num raio de 800 quilômetros, conectando o Recife a outras sete capitais nordestinas. Mas além de localização privilegiada, a gente constrói todo o apoio complementar no diálogo com o setor privado, seja oferecendo apoio em infraestrutura ou incentivos fiscais e de inteligência de mercado”, detalhou.

O CEO da MadeiraMadeira, Daniel Scandian, reforçou que a estrutura oferecida pelo Governo de Pernambuco ajudou a simplificar a decisão de instalar o empreendimento no Estado. “Foi uma decisão rápida, porque o Estado nos orientou e ajudou muito, logisticamente e estrategicamente”, explicou. O presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), Roberto Abreu e Lima, também enfatizou que a negociação foi muito tranquila e fluida. “Estamos, inclusive, dando todo apoio para que empresas pernambucanas fabricantes de móveis possam ser fornecedores da MadeiraMadeira”, acrescentou. Também participaram do encontro a secretária-executiva de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Vilaça, e demais representantes da empresa.

HISTÓRICO – A Companhia de e-commerce – loja virtual iniciou suas operações em novembro de 2009, em um segmento até então pioneiro na internet, de venda de móveis, eletrodomésticos, itens de decoração e jardim, ferramentas e materiais de construção. As vendas acontecem de forma 100% online e não presencial.

Com a experiência no e-commerce já consolidada em 2017, a ampliação da oferta de produtos de outros e-commerces na mesma plataforma gerou o marketplace MadeiraMadeira, formalmente funcionando desde meados de 2018. No começo deste ano, a companhia recebeu a última rodada de investimentos, liderada pelo Softbank, elevando-a ao status de unicórnio brasileiro, chegando ao marco de US$ 1 bilhão em valor de mercado, com pouco mais de 1.900 colaboradores em todo o Brasil.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here