Jaboatão firma parceria e implementa ferramenta, para facilitar tratamento e diagnóstico precoce da sífilis

0
Foto: Divulgação

Equipes de Saúde da Prefeitura do Jaboatão passaram por capacitação durante a implementação do sistema Salus na rede pública do município

A Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes acaba de investir em mais uma ferramenta de inovação tecnológica para otimizar o sistema de saúde pública. Em parceria com o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Lais), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), a gestão implementou a plataforma Salus, mecanismo que realiza o processamento e a curadoria dos dados da base do Sistema de Vigilância Epidemiológica (e-SUS VE), do Governo Federal.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a plataforma irá monitorar os casos de sífilis do município e tem olhar especial para gestantes e mães no período puerpério. “O diagnóstico desempenha papel fundamental no combate à sífilis, por permitir que o tratamento seja monitorado. Portanto, o paciente que fizer testagem de sífilis em uma das três unidades de saúde que já possuem acesso ao equipamento, será notificado pelo sistema, que emitirá alertas para o tratamento. Além disso, gestantes serão acompanhadas até o puerpério”, explicou a secretária de Saúde do Jaboatão dos Guararapes, Zelma Pessoa.

Para a implementação da plataforma, profissionais da vigilância em Saúde do Jaboatão passaram por treinamentos intensivos para capacitação do sistema entre os dias 29 de novembro e 1° de dezembro, nas Unidades de Saúde da Família (USF) de Catamarã, Porta Larga e Nova Divinéia 1, onde a plataforma já foi implantada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here