Oportunidade em vendas no meio digital é a aposta para 2022

1
Segundo o sócio-fundador da Jogga Digital, startup voltada ao marketing digital, Raul Cantarelli, é possível fechar vendas diretas através da internet sem ter um e-commerce

Vendas pelo Whatsapp representam 72% do comércio digital impulsionado pelas redes sociais

De acordo com levantamento feito pelo Serasa Experian, sete em cada dez micro, pequenas ou médias empresas do país, o que representa 73,4%, estão fazendo vendas online durante a pandemia da Covid-19. Além disso, 83,1% pretendem manter a realização dos negócios pela internet, mesmo quando a pandemia acabar. Ainda segundo a pesquisa, dentre os canais mais utilizados para a venda de produtos, as redes sociais saem na dianteira com o WhatsApp na liderança, sendo utilizado por 72% desse público.

E é essa a aposta para micro e pequenos negócios que decidem apostar em vendas em 2022. Segundo o sócio-fundador da Jogga Digital, startup voltada ao marketing digital, Raul Cantarelli, é possível fechar vendas diretas através da internet sem ter um e-commerce. “Com um canal de vendas, a sua empresa já está apta para a venda de seus produtos pelas redes sociais”.

Para Raul, esses canais cumprem, de ponta a ponta, o papel para aquisição de novos clientes. “Dentro das redes, é possível executar o ciclo completo, alimentando seu funil de vendas com oportunidades geradas dentro das plataformas sociais e prosseguindo com esse diálogo até o fechamento. Muitas vezes, começando e terminando a jornada de venda dentro da mesma caixa de conversa”, explicou.

E o caminho é simples. A empresa pode fazer um anúncio pago no Instagram, selecionando o público que deseja atingir (sexo, idade, bairro, perfil de consumo, etc.) e gerar um ‘call to action’ (chamada para ação) que estimule os interessados a clicarem neste anúncio e serem direcionados diretamente para o Direct Messenger do próprio Instagram, ou Whatsapp. A partir daí, se dá o andamento ao atendimento, tirando dúvidas, alinhando preços e seguindo até a finalização da compra em si. “Dentro de uma ferramenta apenas, neste exemplo o Instagram, você prospectou, gerou o lead, atendeu e fechou a venda, sem nenhuma necessidade de um e-commerce ou até mesmo um site”, mostrou Carelli.

Para Raul, esse é um do fator adicional para ter um diferencial em vendas. “Quem vende deve pensar sempre na jornada completa, focando no fechamento da venda. A internet é um shopping center funcionando 24h com todos os perfis de públicos imagináveis”, pontuou.

1 COMENTÁRIO

  1. Beleza, Gostei muito do seu artigo, somente para complementar, tem um programa chamado: Software PCG, esse programa é um agregador de sites de classificados, nele tem mais de 340 sites de classificados grátis onde você pode anunciar, usando esse programa você pode anunciar de forma automática nesses sites, vale muito a pena usar ele deixa seu trabalho bem mais rápido além de te dar uma lista que sempre é atualizada com sites atuais, com esse programa você consegue ter mais trafego orgânico e assim receber visitas dos buscadores como o Google e outros, eu sempre usei esse programa para fazer anuncios e faço vendas praticamente usando só ele. Fica ai a dica… Seu texto me ajudou muito. Ótima semana a nós

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here