Presidente da OAB-PE, Bruno Baptista, participará na 4ª feira(28), da reunião da Comissão de Administração Pública da ALEPE, que debaterá sobre o projeto de lei 1.533/2020, proposto pelo TJPE

0

Projeto de lei trata do reajuste das taxas judiciárias e custas processuais, que, para a OAB-PE, causará forte impacto sobre o usuário do sistema de Justiça, caso seja aprovada.

O presidente da OAB-PE, Bruno Baptista, participará da reunião da Comissão de Administração Pública da Assembleia Legislativa marcada para o próximo dia 28, quando será debatido o projeto de lei 1.533/2020, proposto pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), que trata do reajuste das taxas judiciárias e custas processuais. O convite foi feito pelo relator da matéria na Alepe, deputado estadual Antônio Moraes, durante reunião, nesta segunda-feira (19/10), com Bruno Baptista e o presidente da CAAPE, Fernando Ribeiro Lins. Neste encontro, Baptista entregou uma nota técnica da OAB-PE sobre o projeto que demonstra o forte impacto sobre o usuário do sistema de Justiça caso a proposta seja aprovada.

O projeto do TJPE muda o sistema de cobrança de custas e taxas. O tribunal passaria a cobrar por atos processuais de forma isolada – hoje alguns deles já estão incluídos no valor das custas iniciais. Também aumentaria de 2% para 3% o percentual sobre o valor da causa para a incidência de custas e taxas. Além disso, o projeto mantém a cumulação de cobrança por custas processuais e taxas judiciárias sobre um mesmo ato, uma prática que o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) sinaliza que quer acabar.

A nota técnica, entregue ao relator, traz simulações sobre a cobrança de custas e taxas, demonstrando, em alguns casos, que os valores pagos pelo usuário do sistema de Justiça podem quase que dobrar caso o projeto seja aprovado na forma proposta pelo TJPE.

A participação de Bruno Baptista na reunião da comissão será telepresencial, já que a Alepe está com as atividades presenciais suspensas. Será a primeira oportunidade para discussão do projeto no Legislativo estadual. Um representante do TJPE também será convidado para participar da reunião.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here