RECIFE: Parque infantil inclusivo da Macaxeira, com mais opções de lazer para crianças com deficiência

0
Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR

Prefeito Geraldo Julio entregou o novo equipamento que fica no  Parque Urbano da Macaxeira, na tarde da terça (15). O parque inclusivo é composto por equipamentos como balanço frontal triplo cadeirante, painel interativo de jogo da velha, balanço inclusivo e gangorra adaptada para cadeirante

O prefeito do Recife, Geraldo Julio, inaugurou na tarde da terça-feira (15), no Parque Urbano da Macaxeira, Zona Norte da cidade, mais um parque infantil totalmente inclusivo. O novo espaço funciona no mesmo horário atual do parque, de domingo a domingo, das 5h30 às 21h. Ele se soma aos parques e brinquedos infantis inclusivos já instalados no Parque Santana, Parque da Jaqueira e Parque 13 de Maio, como opção para a inclusão das crianças com deficiência por meio do acesso ao lazer.

Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR

Mais um parque inclusivo na cidade, agora aqui no Parque da Macaxeira agora tem gangorras e balanços especiais preparados para receber cadeirantes e crianças com deficiências para aqui fazerem sua inclusão. Agora elas também podem estar no parque brincando, inclusive, interagindo com outras crianças que brincam aqui também”, ressaltou o prefeito. “Os equipamentos foram comprados e instalados pela Prefeitura do Recife e está tudo pronto, tudo muito bonito. É mais um dia de muita emoção essa entrega do parque inclusivo da Macaxeira”, completou Geraldo Julio.

Fotos: Andréa Rêgo Barros/PCR

Instalado em um espaço com 250 metros quadrados, cercado por gradil, o parque inclusivo é composto por um balanço frontal triplo cadeirante, painel interativo de jogo da velha, balanço inclusivo e gangorra cadeirante simples. O parque ainda conta com placas informativas para orientar os usuários e ganhou intervenção artística em mais uma iniciativa do Colorindo o Recife.

Fotos: Andréa Rêgo Barros/PCR

“A Prefeitura do Recife entrega mais um parque acessível. Um parque voltado para crianças com deficiência e para todas as crianças de um modo geral. São cinco brinquedos que permitem essa interação, essa inclusão e a Prefeitura trabalha mais uma ação de integração das pessoas com deficiência, dos pais, dos familiares e principalmente das nossas crianças”, enfatizou a secretária de Turismo, Esporte e Lazer do Recife, Ana Paula Vilaça.

Fotos: Andréa Rêgo Barros/PCR

Para a secretária de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos, Ana Rita Suassuna os parques inclusivos são playgrounds infantis com um padrão acessível para todas as pessoas, incluindo as com mobilidade reduzida e/ou alterações sensoriais e intelectuais, proporcionando lazer e atividades para crianças com deficiência. “Esses brinquedos contemplam as pessoas com deficiência, as crianças com deficiência e todas as outras crianças que poderão interagir junto com seus familiares e poderão aproveitar com qualidade e harmonia desse espaço”, disse.

Fotos: Andréa Rêgo Barros/PCR

A gestão municipal vem investindo, desde 2013, na requalificação de diversos espaços públicos, com o intuito de fornecer à população opções de lazer e prática de esportes. Das mais de 660 áreas de lazer, mais de 500 foram requalificados, num investimento de R$ 25 milhões. Apenas neste ano estão sendo investidos cerca de R$ 3 milhões em espaços públicos importantes como o entorno da Lagoa do Araçá, o Parque Robert Kennedy, já entregue à população, entre outros.

Fotos: Andréa Rêgo Barros/PCR

A entrega do Parque Infantil Acessível da Macaxeira é também sinônimo de liberdade. “Quando a gente leva nossos filhos para brincar, normalmente temos que ser pernas e braços deles. Aqui, com equipamentos pensados para eles, é uma maravilha. Ele se sente livre”, comentou Wilma Gomes da Silva, 37 anos, que há cinco anos dedica a vida para cuidar de Bruno Bispo da Silva, de 5 anos. Ela integra a União de Mães de Anjos (UMA). Também estiveram presentes representantes da Aliança de Mães e Famílias Raras (AMAR), do Instituto Arthur Vinicius (IAV) e da Associação Afeto.

Fotos: Andréa Rêgo Barros/PCR

INCLUSÃO – Preocupada em levar inclusão social para todos, a Prefeitura do Recife está atenta às demandas para garantia de acessibilidade. No âmbito do lazer, a capital pernambucana conta com brinquedos acessíveis no Parque da Jaqueira, Parque 13 de Maio e também no Parque Santana.


Na Jaqueira e no 13 de Maio os brinquedos estão instalados em uma área que permite a integração entre as crianças. Cada um dos parques conta com duas gangorras, um vai-e-vem e um balanço. Todos os brinquedos são adaptados para cadeirantes e portadores de necessidades especiais. As obras de infraestrutura e acessibilidade do espaço foram executadas pela Emlurb, que contou com a ajuda de profissionais da AACD na escolha e implantação dos brinquedos.

Já no Parque Santana conta com o projeto Anna Laura Parque Para Todos, os equipamentos provocam interação, brincadeiras lúdicas, trocas de experiências e oportunidade de brincar de forma segura.

Outra ação que promove a inclusão por meio do acesso ao lazer é o Praia Sem Barreiras. O projeto oferece semanalmente banho de mar assistido através de cadeiras de rodas anfíbias e esteiras removíveis que garantem o acesso à faixa de areia das pessoas com deficiência, de sexta a domingo e nos feriados, das 8h às 13h, na área da praia que fica na altura da Rua Bruno Veloso.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here