“Reconstrução do Líbano”. Por Elsa Farias

0

Reconstrução do Líbano

Elsa Farias

Reconstrução

A nuvem que vem do chão assustadora… Forte explosão que ecoa

Na alma.

Abala as estruturas, bate forte coração.

De ré e comece novamente a construção.

Buscar no que ficou a solução.

Console com carinho aquele que precisa.

Faça versos, escreva nas linhas da sua vida o recomeço.

Cante para seus filhos.

Uma tragédia faz parte e tem que ser amenizada com muita consciência de entender o mundo.

E ensinar aos pequenos que existem homens venenos.

Que ele será diferente!

Que fará um mundo melhor e decente.

Que o amor e o bem vence.

Que a fumaça colorida seja de comemoração da vida.

E da reconstrução do ausente.

Líbano, Brumadinho, não importa aonde.

Os que ficam se tornam brava gente.

Que com arte, com força e muita garra.

Redescobrem o poder escondido.

E se veste de marra.

Arregaça as mangas.

Da a volta por cima.

E se tirando da situação,

Tira o melhor do caos.

Encara com máscaras e

sem medo, vírus, estouros, ventos fortes.

E se fortalece e encontram os nortes.

O sol ainda está lá, as estrelas brilharão, o mar se acalmara e você com seus amores pessoas fortes se tornarão.

Elsa Farias, Socorro SP

Este texto integra o projeto colaborativo Reconstrução do Líbano, coordenado por Oscar D’Ambrosio, Gerente de Comunicação e Marketing da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.  Mande a sua mensagem (texto e/ou imagem) sobre o tema para oscar.dambrosio@fcmsantacasasp.edu.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here