Uso compartilhado do sabonete pode fazer mal a saúde, alerta dermatologista

0

De acordo com o Dr.Sérgio Paulo, da clínica Prontopele, a prática pode provocar transmissão de doenças como micoses e até HPV

Pode parecer algo banal, mas compartilhar o sabonete com outras pessoas, por exemplo, não é uma atitude recomendada. Nos últimos dias, um dos participantes de um famoso reality show fez uso do sabonete coletivo e chamou a atenção do público e de especialistas.

O médico dermatologista Dr.Sérgio Paulo, da clínica Prontopele, explica que os produtos de higiene pessoal – como sabonetes, lâminas de barbear e escovas de dente, por exemplo – não podem ser compartilhados nem mesmo por casais, pois podem concentrar bactérias e fungos que são capazes de ser passados de uma pessoa para a outra.

“A chance existe, mas é pequena, sobretudo nos sabonetes que têm substâncias bactericidas, entretanto o ideal é evitar compartilhar, porque ainda assim existe a chance transmissão de doenças como micoses, que são provocadas por fungos, e do HPV”, explica. O vírus do papiloma humano (HPV) causa verrugas em diversas partes do corpo, e em estágio mais avançado podem chegar a virar um câncer.

Contrair a IST (Infecção Sexualmente Transmissível) é possível com a prática de dividir o sabonete em barra pois é um vírus, e assim como os fungos e as bactérias, eles podem ser propagados pela utilização compartilhada do objeto.

Ainda de acordo com o dermatologista, o ideal é que cada um tenha o próprio produto “O melhor é não dividir os produtos de higiene pessoal. É sempre bom que cada um tenha o seu. O sabonete nem mesmo deve ser compartilhado por um casal porque, se uma das pessoas estiver com herpes genital ativa, ele pode transmitir para o outro. O vírus da herpes é passado durante a atividade, quando se está com a ferida”, conta o Dr. Sérgio Paulo.

O dermatologista explica que se não for possível cada um fazer o uso do próprio produto, o uso de água corrente pode eliminar as bactérias. ”Dividir o sabonete só se for líquido porque não tem o contato direto. Quando for inevitável compartilhar o sabonete em barra, o ideal é enxaguar antes e depois do uso com água corrente. É importante limpá-lo e retirar qualquer sujeira e pelos acumulados antes do banho ou de lavar as mãos”, enfatiza o dermatologista.

Pele do rosto é mais sensível

Há ainda um alerta importante para quem utiliza o mesmo sabonete no corpo e no rosto. O produto não pode ser usado no rosto sendo em barra, pois a pele é mais sensível pois pode acabar contaminando a pele por agentes externos proliferando bactérias e fungos.

”Quando o sabonete corporal é utilizado no rosto ele pode acabar levando bactérias de uma determinada área do corpo contaminada para o rosto e isso acontece quando pessoas diferentes usam o mesmo sabonete em barra, mesmo sendo da mesma família, um acaba contaminando o outro devido o compartilhamento”, finaliza o dermatologista.

PRONTOPELE

Com mais de 30 anos de atendimento, a Prontopele trabalha diariamente com cuidados com a pele e na emergência dos problemas dermatológicos. No Recife, são duas unidades:

Derby: Rua Luiz Barbalho, 279, Derby

RioMar: Torre B do RioMar Trade Center, no Pina.

Tel: 9. 9998-9025 ou 3222.2392

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here