Causas que podem levar a queda de cabelo por estresse e ansiedade, é explicada pela dermatologista Dra. Regina Sales

0

O estresse e a ansiedade são fatores que influenciam diretamente no ciclo capilar,  sendo gatilho para que os fios passem para a fase de queda, a fase telógena.

De repente, o isolamento social passou a fazer parte da rotina das pessoas, excluindo encontros sociais e evitando cumprir atividades rotineiras devido à pandemia da COVID-19. Tudo isso, somado a diversos outros medos causados pela doença, pode causar estresse e aumentar a ansiedade, resultando em alterações físicas que podem atingir até o couro cabeludo.

 O estresse e a ansiedade são fatores que influenciam diretamente no nosso ciclo capilar,  sendo gatilho para que os fios passem para a fase de queda, a fase telógena. Segundo a dermatologista da Clínica da Pele, Dra. Regina Sales, outra causa que pode piorar a queda de cabelo seria a dermatite seborreica, a temida caspa, o estresse físico e emocional pode ser responsável pelo aumento da produção de sebo pelas glândulas sebáceas, aumentando o processo inflamatório no couro cabeludo e desencadeando a queda de cabelo.

O eflúvio telógeno pós estresse emocional ou físico geralmente é autolimitado podendo durar de 3 a 6 meses sem que nenhum tratamento seja realizado. Alguns casos, deve-se investigar outras causas de base que possam estar contribuindo para este processo de queda. Para diminuir este possível quadro, é aconselhável encontrar estratégias para manter a calma e a situação sob controle. Mas, algumas medicações podem ajudar na tentativa de amenizar o quadro clinico além de auxiliar no fortalecimento dos fios. Estes remédios ajudam a combater a inflamação capilar, melhoram a circulação sanguínea e oferecem ao fio de cabelo as condições necessárias para o seu desenvolvimento e crescimento. No entanto, é fundamental o controle emocional e o combate ao estresse .

“É muito importante também mantermos nossos cabelos higienizados com frequência,  escolhermos cosméticos específicos para equilibrar nosso sistema capilar,  fazer uma alimentação bem balanceada para repor nutrientes,  fazer exercícios físicos para melhorar oxigenação e manter mente saudável . Muitos pacientes tem medo de lavar os cabelos para não aumentar a queda, porem os fios cairão independente da limpeza, e a não higienização pode piorar a dermatite seborreica consequentemente o processo inflamatório no couro cabeludo o que levaria a piora da queda. Em caso de dúvidas o ideal é procurar ajuda profissional”, conclui.

SERVIÇO:

Clínica da Pele – Shopping Recife

Endereço: R. Padre Carapuceiro, 777 – Boa Viagem

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here