Dia da Cachaça: Profissional dá dicas de como fazer uma boa caipirinha

0
Foto: Oxe Comunicação

Produtora de cachaça orgânica do interior de Pernambuco sugere uso de gelo de café

Nesta segunda-feira (13) é o dia nacional da cachaça. A caipirinha é um coquetel brasileiro conhecido por todo o mundo. A base é a cachaça, acompanha ainda limão, açúcar e gelo. A produtora da cachaça pernambucana e orgânica Sanhaçu, Elk Barreto ensina como fazer uma boa caipirinha.

Para preparar a bebida é necessário retirar o talo do meio do limão, em seguida macerar levemente a fruta, apenas o suficiente para sair o sumo, especialmente no que diz a respeito da casca. Elk destaca que esse pode ser um dos motivos de uma caipirinha ruim.

Produtora da cachaça pernambucana e orgânica Sanhaçu, Elk Barreto. (Foto: Oxe Comunicação).

A produtora diz que outro ponto importante é escolher ingredientes de qualidade para a produção do drink. “O limão deve ter a casca fina e brilhante, o açúcar tradicionalmente usado é o cristal, escolha uma marca da sua confiança, e claro, a cachaça deve ser de qualidade”, conta ao contestar que a história de que caipirinha se faz com cachaça ruim é lenda.

Por fim, Elk sugere que o gelo deve ser feito de água mineral. Para variar, outra sugestão da produtora de cachaça orgânica é fazer o uso de gelo de café.

Números do setor:

De acordo com o Instituto Brasileiro da Cachaça (IBRAC), em 2020, Pernambuco se destacou, e foi o segundo principal estado exportador do país, responsável por 13,51% das exportações (em termos de valor) e 27,24% das exportações (em termos de volume). Ainda segundo estimativas do órgão, o nordeste possui 3 estados, entre os 5 principais consumidores de Cachaça no país: São Paulo, Pernambuco, Rio de Janeiro, Ceará, Bahia e Minas Gerais.

Pernambuco:

Uma dessas produções vem de Chã Grande, distante 15 km de Gravatá. No engenho Sanhaçu é produzida a cachaça orgânica Sanhaçu, açúcar mascavo, rapadura e também mel de engenho.  Premiada a nível nacional e internacional a família Barreto Silva, acumula 37 premiações só do destilado.

A Sanhaçu se tornou a primeira cachaça do Brasil a receber o Selo de Envelhecimento Sustentável (SES). Ainda a nível nacional, há seis anos, o engenho Sanhaçu, tornou- se o primeiro do Brasil movido a Energia Solar. Em Pernambuco, a cachaça é a primeira orgânica certificada.

A rota do engenho Sanhaçu já faz parte do turismo rural de Pernambuco com a oferta de passeios diários. O local permite que o visitante conheça como são feitos os produtos orgânicos do grupo, alguns podem ser degustados na lojinha que dispõe de mais de 30 opções e tudo com preço de fábrica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here