Pacientes sem o ciclo vacinal completo representam 94% dos óbitos pela Covid-19 no Estado

0
André Longo, secretário de Saúde // FOTO: Aluisio Moreira/SEI

Dados foram apresentados pelo secretário estadual de Saúde após
análise dos bancos de informações utilizados para notificação das
mortes e registros da vacinação

Entre os dias 19 de janeiro e 21 de outubro deste ano, Pernambuco
registrou 9.103 óbitos pela Covid-19. Desses, 8.539 – que representam
94% do total – não tinham tomado a vacina contra a doença, estavam
sem o esquema vacinal completo ou faleceram antes do prazo de 14 dias
após a segunda dose. Os dados obtidos pela Secretaria Estadual de
Saúde (SES-PE), após análise dos bancos de informações utilizados
para notificação das mortes e registro da vacinação, foram
apresentados pelo secretário de Saúde, André Longo, durante coletiva
de imprensa nesta quinta-feira (04.11).

“Os números nos mostram claramente que as vacinas são eficazes
contra a Covid-19. E todas as vacinas utilizadas no Brasil tiveram sua
segurança atestada pelos mais respeitados órgãos regulatórios do
mundo”, afirmou André Longo. De acordo com o estudo, do total de
pacientes que faleceram, 6.845 – que representam 75% do total – não
tinham tomado nenhuma dose de vacina contra a Covid-19. Outros 1.530
(17%) tomaram apenas a primeira dose, sem completar o esquema, e 164
(2%) adoeceram antes do prazo que a vacina precisa para fazer efeito,
que é de 14 dias após a segunda dose ou dose única.

“Esses dados nos dão a real dimensão da importância de se vacinar e
completar o esquema vacinal. Não adianta tomar a primeira dose e não
procurar o posto de saúde para tomar a segunda. A vacinação, com
ciclo completo, é a melhor e única estratégia para evitarmos casos
graves e mortes”, complementou o secretário de Saúde.

Do total de pessoas que morreram pela Covid-19 no período analisado,
apenas 6% (564) finalizaram o esquema vacinal e adoeceram após o prazo
de 14 dias depois da segunda dose ou dose única. A maior parte, 541
(96%) tinha 60 anos de idade ou mais. Verificou-se também que 411 (73%)
tinham doenças pré-existentes.

CENÁRIO EPIDEMIOLÓGICO – Pernambuco continua registrando
estabilidade nos casos da Covid-19. Na semana epidemiológica 43 foram
notificados 393 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag).
Isso representa uma diminuição de 8% em relação à semana anterior e
um aumento de apenas 1% em 15 dias (semana 41), com cinco casos a mais.
Já em relação às solicitações de vagas de UTI à Central de
Regulação, foram 246 pedidos na última semana epidemiológica, três
a mais do que na semana 42.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here