Paulo Câmara lança edital para projetos de prevenção social à violência

0
Foto: Aluisio Moreira/SEI

Iniciativa visa reforçar as políticas do Pacto Pela Vida em todo o Estado, ampliando a participação da sociedade civil

O governador Paulo Câmara lançou, nesta sexta-feira (25.02), edital para seleção de 62 projetos de prevenção social à violência. Com investimentos da ordem de R$ 6,2 milhões, a iniciativa tem o objetivo de reforçar a participação social nas políticas do Pacto pela Vida, em especial nas ações antecipatórias. Cada iniciativa pode receber financiamento de até R$ 100 mil, e os projetos devem focar em estratégias de protagonismo juvenil, promoção da saúde, questões de gênero e raça, educação, esportes comunitários, assistência social e políticas LGBTQIA+.

“Com o lançamento desse edital vamos avançar na prevenção à violência com cursos de capacitação de mão de obra, dando oportunidades aos pernambucanos de terem um caminho a partir da educação, do esporte e da cultura, fazendo a diferença na vida das pessoas” destacou Paulo Câmara.

De acordo com o secretário estadual de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas, Cloves Benevides, o Pacto Pela Vida tem registrado resultados muito positivos ao longo dos seus anos de execução e, sem dúvida, o edital dos projetos abrirá novas perspectivas. “Estamos convocando a sociedade civil para testar novas tecnologias de prevenção à violência nos territórios mais vulneráveis, desenvolvendo estratégias para aproximar mais as pessoas e intervir na mudança de trajetórias”, explicou o secretário. O edital será publicado no Diário Oficial deste sábado (26.02) e as instituições sociais terão 30 dias para apresentar suas propostas.

O anúncio representa uma nova fase das políticas de prevenção, resultado das contribuições da Cooperação Pernambuco, que participou com a análise dos fatores de risco, construção do Marco Lógico da Prevenção Social, elaboração da Matriz de Indicadores e também na viabilização da instalação de um Observatório da Prevenção Social, plataforma necessária na construção de políticas assertivas. A Cooperação Pernambuco é o nome da parceria do Governo de Pernambuco com o Instituto Igarapé e três agências da ONU: o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC), o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e o Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU Habitat). 

Estiveram presentes à solenidade de lançamento do edital os secretários estaduais Ana Elisa Sobreira (Mulher), Humberto Freire (Defesa Social), Alexandre Rebelo (Planejamento e Gestão); a secretária-executiva de Gestão para Resultados da Seplag, Maria Teresa Araújo; a presidente da Central Única das Favelas de Pernambuco (CUFA-PE), Altamiza Melo; a coordenadora dos projetos sociais da CUFA-PE, Anjuly Mendonça; e do coordenador da campanha Mãos Solidárias, Paulo Manson.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here