Poema de Ivone Teixeira Carvalho “Escreva a sua História”, é o artigo de Oscar D’ambrósio

0
Ivone também é autora desta imagem, que lida com três elementos: A pomba, que simboliza o Espírito Santo, com seu poder de dar vida a todos; as borboletas, que estão relacionadas com as lagartas, que guardam força interior no casulo para se libertarem e voarem com suas asas; e a cadeirante, que representa a capacidade de superação do ser humano.

Escreva a sua História

Oscar D’ambrósio

Uma das grandes capacidades do ser humano é a de transformar. Ele faz isso das mais diversas, principalmente quando necessita enfrentar dificuldades. E muitas delas aparecem sem avisar, obrigando a se reinventar constantemente. O tema pode ser tratado tanto pela literatura como pelas artes visuais.

No poema “Escreva a sua História”, Ivone Teixeira Carvalho enfatiza justamente a ideia de que as “pedras” e os “tropeços” podem servir de grande aprendizado para prosseguir a nossa jornada. Nesse sentido, melhorar com os momentos que não são agradáveis é essencial para poder construir a própria caminhada.

Ivone é também autora da imagem que ilustra este post, que lida com três elementos: a pomba simboliza o Espírito Santo, com seu poder de dar vida a todos; as borboletas estão relacionadas com as lagartas, que guardam  força interior no casulo para se libertarem e voarem com suas asas; e a cadeirante representa a capacidade de superação do ser humano.

Texto e imagem apontam assim para uma mesma ideia de que sofrimentos e alegrias integram o mesmo andar pelo mundo, marcado pelas surpresas. Sejam boas ou más, sempre é necessário aprender com elas para que a trajetória possa ser percorrida com a cabeça erguida, sem vaidade, mas com humildade e constante busca do conhecimento.

Aqui vai o poema de Ivone Teixeira Carvalho:

“Escreva a sua História”

SE a vida nos mostrasse

Caminho certo a trilhar

Sem pedras e sem tropeços

Sem vielas, sem atalhos

Um livre e leve caminhar!

Mas ela é surpreendente

Falta de dores e risos

Uns querem isolamento

Outros, agitação

Um planejar bem preciso!

Mas ao trilhar essa estrada

Onde há pedras e tropeços

Há um grande aprendizado!!!!

Tropeçando é que se aprende

Como é belo o recomeço

Guarde as pedras do caminho

Num cantinho da memória

Quando cair, não se esqueça

Ao levantar agradeça

Por escrever sua HISTÓRIA.

Oscar D’Ambrosio é jornalista pela USP, mestre em Artes Visuais pela Unesp, graduado em Letras (Português e Inglês) e doutor em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e Gerente de Comunicação e Marketing da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Coordena o projeto @arteemtempodecoronavirus e é responsável pelo site www.oscardambrosio.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here