Policiais Civis de Pernambuco fazem passeata até o Palácio do Campo das Princesas, nesta quinta-feira (19)

0
Até o momento, os Policiais Civis de Pernambuco esperam um tratamento respeitoso e digno dos profissionais de Segurança Pública, por isso o SINPOL-PE vem mobilizando a categoria em todo o estado para a entrega da  carta ao Governador Paulo Câmara  e também a entrega coletiva dos PJES.

Há mais de três meses que o SINPOL vem em Campanha Salarial para debater 2019 até 2022, período este em que todos os Policiais Civis estão sem qualquer tipo de reajuste. A categoria vem tentando diálogo com o Governo do Estado, porém, sem sucesso nas negociações, tendo o governo até deixado de comparecer a uma reunião previamente agendada

Nesta quinta-feira (19), a partir das 15h, os Policiais Civis de Pernambuco se concentram em frente à sede do SINPOL-PE (Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Pernambuco) para saírem em passeata em direção ao Palácio do Campo das Princesas, onde será entregue uma carta ao Governador Paulo Câmara.

Há mais de três meses que o SINPOL vem em Campanha Salarial para debater 2019 até 2022, período este em que todos os Policiais Civis estão sem qualquer tipo de reajuste. A categoria vem tentando diálogo com o Governo do Estado visando a valorização profissional e funcional dos Policiais Civis. Sem sucesso nas negociações, no dia 27 de Julho passado foi lançada a Operação Padrão (Operação Policia Cidadã), após uma reunião marcada com antecedência de mais de dois meses com a Secretaria de Administração ter sido desmarcada em cima da hora, no momento em que a categoria estava em assembleia reunida, aguardando um posicionamento do Governo do Estado.

Desde o dia 27 de julho que os Policiais Civis executam, dentre as suas funções, do que consta apenas na lei, e decidiram entregar o Programa de Jornada Extra de Segurança (PJES).  Até o momento, os Policiais Civis de Pernambuco esperam um tratamento respeitoso e digno dos profissionais de Segurança Pública, por isso o SINPOL-PE vem mobilizando a categoria em todo o estado para a entrega da  carta ao Governador Paulo Câmara  e também a entrega coletiva dos PJES.

“Atualmente, os policiais da base trabalham em clandestinidade funcional, possuem uma absurda diferença salarial entre a categoria e seus chefes, muito embora sejamos nós que fazemos grande parte das atribuições deles, além das estruturas precárias da maioria esmagadora das unidades da Polícia Civil e ainda somos um efetivo que é metade do que deveríamos ter em 2015. Somos a Polícia Investigativa estadual que mais produz e traz resultados no país.  Esses números são fruto do trabalho dos Agentes, Escrivães, Comissários e demais cargos da base, porém temos como recompensa, pasmem, o 22° pior salário nacional”, desabafou o Presidente do SINPOL-PE, Rafael Cavalcanti.

“A desculpa da Gestão Paulo Câmara sobre falta de caixa não procede, pois todos os estudos nossos mostram que o caixa está no melhor cenário dos últimos seis anos e vários outros estados estão fazendo negociações agora, com efeitos financeiros para o próximo ano (2022), o que nada impede de Pernambuco fazer isso também. Todos os números e balancetes divulgados pelo próprio Estado comprovam que o Governo de Pernambuco tem sobra de caixa para investir mais na Segurança Pública e no seu Policial Civil. Em virtude de todas essas e outras questões já denunciadas pelo sindicato, nesta quinta-feira (19), numa grande passeata que vai reunir Policiais Civis de norte a sul do estado, será entregue as cotas de trabalho extra, como forma de demonstrar toda a indignação da categoria com essa falta de reconhecimento” revelou Rafael.

        Passeata dos Policiais Civis de Pernambuco

ONDE? Sede do Sindicato dos Policias Civis de Pernambuco- SINPOL-PE

QUANDO? Quinta-feira (19)

HORÁRIO – Às 15h

PERCURSO – Em direção ao Palácio do Campo das Princesa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here