Professores da Rede Municipal do Paulista decretam greve

0

Após várias tentativas de acordo com a Prefeitura, os profissionais param suas atividades por tempo indeterminado a partir da segunda-feira (20)

Os professores da rede municipal do Paulista decretam greve a partir da segunda-feira (20), por tempo indeterminado. Após a sétima tentativa de negociação com a Prefeitura por um posicionamento sobre o reajuste uniforme dos salários, situação precária das escolas e o enquadramento de novos professores, os profissionais, que não tiveram nenhuma das suas reinvenções atendidas, resolveram hoje em assembléia, dolorosamente, decretar a greve.

Em ato e assembleia realizados recentemente os professores rejeitaram por unanimidade a proposta da prefeitura municipal, uma vez que não foram entregues os impactos financeiros da proposta de reajuste salarial apresentado pela prefeitura. Por conta disso, a categoria rejeitou e exige o pagamento isonômico do percentual de 4,17 % (como determina o MEC) e o enquadramento.

A Prefeitura do Paulista em resposta levou a proposta não aprovada pelos professores de um percentual de apenas 0,5% a votação na Câmara dos Vereadores. Após tal atitude da Prefeitura, os professores realizaram nova assembleia na manhã e tarde desta terça (14), e optaram pela greve por tempo indeterminado.

As escolas do município já ficam sem professores a partir da segunda-feira (20). De acordo com o Sindicato dos Professores da Rede Municipal de Ensino do Município de Paulista – SINPROP a greve é por tempo indeterminado.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here