’83 anos de Publicações Femininas na Literatura de Cordel’, será lançada em Petrolina neste domingo (20)

0

A obra reúne o trabalho de 32 mulheres e é uma celebração  a publicação do cordel ‘O Viulino do Diabo e o Valor da Honestidade’

A 2° edição do Caldinho com Cordel Tomou-Rimou, lançará a obra coletiva ’83 anos de Publicações Femininas na Literatura de Cordel’, neste domingo (20), das 17h às 19h30, na Casa do Cordel Mulheres Cordelistas (Rua 16, nº 138, Cosme e Damião, Petrolina-PE), obedecendo todos os cuidados sanitários de combate à COVID – 19.

A programação, que será transmitida pelo Instagram @mulherescordelistas, vai contar ainda com autógrafos, declamações e sorteio de uma rifa colaborativa (valor de 1 ponto R$ 5,00; prêmio – impressão da xilogravura emoldurada ‘Um Dia Frida’, de autoria da artista Kelmara Castro.

A partir das 18h30, será transmitido ao vivo pelo canal do YouTube Casa do Cordel Mulheres Cordelistas, através do link encr.pw/Ct1dF, um vídeo com a participação de grandes nomes entre cordelistas, pesquisadoras e artistas com um legado importante em nosso cordel brasileiro da cultura popular.

A obra ’83 anos de Publicações Femininas na Literatura de Cordel’, organizada por Graciele Castro com capa em xilogravura de Regina Drozina, reúne o trabalho de 32 mulheres e é uma celebração  a publicação do cordel ‘O Viulino do Diabo e o Valor da Honestidade’, publicado em 30 de outubro de 1938, assinado com pseudônimo Altino Alagoano.

Ainda durante o lançamento, as coordenadoras do evento também vão enfatizar a obra ‘Cordel Teatro’ em  homenagem a Mãe do Cordel Brasileiro, Maria das Neves Baptista Pimentel, e a Dama do Teatro Nordestino, Lourdes Ramalho com as participações das netas dessas mulheres pioneiras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here