Cabo de Santo Agostinho começa a aplicar nesta quarta-feira (7), a segunda dose da Coronavac, no grupo de 75 anos ou mais

0
Foto: Léo Domingos / PMCSA

A Secretaria de Saúde do município indica aos cidadãos, que procurem, preferencialmente, o mesmo local onde foi vacinado pela primeira vez.

O município do Cabo de Santo Agostinho começa nesta quarta-feira (7) a aplicar a segunda dose (D2) da vacina da Sinovac/Butantan para o público que foi vacinado pela primeira vez há pouco mais de três semanas.

São esperadas as pessoas do grupo de 75 anos ou mais, que receberam a primeira dose nos dias 12 e 13 de março. Na sexta, a prefeitura dá continuidade à segunda fase, vacinando as pessoas do grupo de 73 anos ou mais, que foram imunizadas pela primeira vez no dia 19 de março.

A Secretaria de Saúde esclarece que, para saber o dia exato da segunda fase da imunização, a pessoa deve olhar a data marcada no seu cartão de vacinação. Quem perder a D2 nesta quarta, por exemplo, pode ir na sexta. Na semana que vem, a segunda fase continua na quinta (15) e na sexta (17), para grupos de novas faixas etárias.

A Saúde do município indica aos cidadãos que procurem, preferencialmente, o mesmo local onde foi vacinado pela primeira vez.

Nesta quarta, estarão recebendo o público para a D2 as escolas municipais de Ponte dos Carvalhos (Manoel Davi Pereira da Costa), Charneca (Padre Antônio Melo Costa) e Gaibu (Professora Maria Thamar Leite da Fonseca). Carros de som estão alertando a população sobre a nova dose.

Neste momento, apenas as pessoas que receberam a vacina da Sinovac/Butantan receberão a D2, que tem um prazo para o reforço de 21 a 28 dias. A segunda dose da vacina Oxford/AstraZeneca tem um prazo de três meses.

A pasta da Saúde classifica como preocupante o atraso da segunda dose, pois sem o reforço, a pessoa tem mais chances de ficar doente. “Dito isso, é importante saber que, mesmo atrasada, a segunda aplicação deve ser feita assim que possível. O calendário de vacinação deve ser seguido de acordo com o imunizante utilizado, ou seja, quem tomou a CoronaVac deve aguardar a segunda dose da mesma vacina e não tentar receber a vacina da AstraZeneca/Oxford, por exemplo.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here