Participação ativa dos pais na vida escolar, estreita laços e estimula o desenvolvimento das crianças

0
Renata e filha - apresentação 3 porquinhos Sunny Place

A Sunny Place, busca trazer as famílias para dentro da escola de forma ativa, por entender que a relação parental é fortalecida com a experiência repassada pelos pais. A  a instituição tem um projeto pedagógico que possibilita a efetiva participação da família voluntária

Com diversas pesquisas sinalizando os benefícios da participação ativa dos pais no desenvolvimento e no aprendizado das crianças, escolas têm desenvolvido ferramentas para aproximar as crianças de seus responsáveis, promovendo crescimento e melhora no rendimento escolar. Uma dessas escolas é a Sunny Place, localizada no Poço da Panela, Zona Norte do Recife.

Buscando trazer as famílias para dentro da escola de forma ativa por entender que a relação parental é fortalecida com a experiência repassada pelos pais, a instituição tem um projeto pedagógico que possibilita a efetiva participação da família voluntária. Nele, pais ou responsáveis leem histórias, ensinam a dançar, mostram animais de estimação e outras habilidades e curiosidades. Além disso, promove o “Café com amor”, momento em que a psicóloga da escola participa para discutir sobre aspectos do desenvolvimento infantil, e realiza o Sunny Day, um dia voltado para a relação familiar.

A diretora pedagógica da escola, Roseanne Santos, explica que o dia especial traz atividades que transformam o aprendizado e resultam no envolvimento emocional entre os parentes, estreitando laços. “Temos batalha de travesseiros, oficina de avião de papel, pais que vão fazer uma receita na escola, que ensinam a dar laço em sapato, etc. São coisas bem simples, mas que fazem as famílias saírem super felizes. O foco da gente realmente é a criança, mas a gente vê as famílias envolvidas e a riqueza que isso traz”, assegura.

A diretora defende que a participação dos pais de forma adequada gera uma influência positiva no desenvolvimento das crianças. “Pesquisas nos Estados Unidos mostram que crianças que têm esse envolvimento familiar forte tendem a ser adolescentes que não consomem drogas, pessoas mais responsáveis e com menos tendência a problemas depressivos, entre outros problemas na vida adulta”, explica.

Quem vê na Sunny Place um lugar de acolhimento para pais e filhos e participa ativamente do dia a dia na instituição é Renata Borges, médica e mãe de dois alunos. “A escola nos provoca para desacelerar e participar realmente. Sabemos o quanto faz diferença no desenvolvimento esse engajamento da família”, relata. “Sempre no Dia das Crianças somos nós, pais, que apresentamos uma peça para os alunos. Também tem um dia de interação das famílias na escola com brincadeiras. Minha filha já comentou várias vezes que a mamãe foi tal personagem, assim como ela sabe que a mãe ou pai de um amiguinho também foi e que a mamãe de um coleguinha ensinou como escovar os dentes, por exemplo”, destaca.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here