Prefeitura do Recife fecha ano de 2020 com R$ 123 milhões em caixa

0
Para a secretária de Finanças do Recife, Maíra Fischer, o trabalho da Prefeitura do Recife permitiu investimentos importantes na área de saúde, além da manutenção de serviços essenciais mesmo no ano atípico.

Apesar do ano fiscal desafiador, marcado pela pandemia com supressão de receitas e necessidade de novos investimentos em saúde e apoio social, Executivo Municipal fez o dever de casa e fecha o ano com resultado positivo

Mesmo com o ano de 2020 marcado por uma crise econômica acentuada em função da pandemia de covid-19, o desempenho fiscal da Prefeitura do Recife foi positivo. O município fechou o ano passado com um valor de R$ 123 milhões em caixa. Mesmo diante dos desafios do cenário nacional, o Recife operou obedecendo a Lei de Responsabilidade Fiscal e buscando alternativas para investimento. Nesta sexta-feira (26), a secretária de Finanças do Recife, Maíra Fischer, apresentou em Audiência Pública à Comissão de Finanças da Câmara Municipal, o resultado do desempenho fiscal do último quadrimestre de 2020.

Para a secretária de Finanças do Recife, Maíra Fischer, o trabalho da Prefeitura do Recife permitiu investimentos importantes na área de saúde, além da manutenção de serviços essenciais mesmo no ano atípico. “O desempenho das transferências e algumas receitas refletem o quadro de crise vivenciado no ano passado, mas que impulsionaram uma engenharia financeira que permitiu manter os serviços prestados pela prefeitura em dia e que possibilitaram importantes investimentos na área da saúde. Ainda assim, o resultado do último quadrimestre nos alerta para os próximos desafios. Por isso já lançamos um robusto Plano de Ajuste Fiscal, com meta de economia de R$ 100 milhões”, reflete a secretária de Finanças, Maíra Fischer.

No que se refere às receitas municipais, o Recife apresentou leve queda na arrecadação. Parte desse desempenho foi o reflexo sentido a partir do quadro apresentado entre maio e julho do ano passado, mas apresentando indicativo de melhora a partir de agosto. Este foi um dos fatores fundamentais para que a Prefeitura do Recife conseguisse manter o caixa  no positivo e fechar o ano de 2020 com um valor de R$ 123 milhões de saldo.

PLANO DE AJUSTE FISCAL – Como medida para controle das finanças do município, o prefeito João Campos anunciou o Plano de Ajuste Fiscal no início de fevereiro. O controle e o corte de despesas internas visam uma economia ao cofre público municipal de R$ 100 milhões. A iniciativa reúne um conjunto de ações integradas e que estará presente na administração direta e indireta. O objetivo central é a busca pelo equilíbrio fiscal para a manutenção dos serviços, programas, ações e projetos, além de sedimentar caminhos para novos investimentos na cidade. O compromisso da gestão é modernizar a máquina pública a partir da redução das despesas e inserir outras iniciativas gerando condições favoráveis para fazer mais e de maneira diferente pela qualidade de vida da cidade e da população.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here