Primeiro trimestre deve registrar mais de 700 mil vagas de temporários no Brasil

0

Expectativa é que Pernambuco registre um número também de destaque neste segmento

Esse é um dado da A Associação Brasileira do Trabalho Temporário (ASSERTTEM) para o território nacional e a expectativa é que Pernambuco registre um número também de destaque neste segmento. “Pernambuco não foge à regra a nível de perfil de contratações temporárias com um predomínio de vagas operacionais nas áreas industriais. Destaque para o polo automotivo, indústria de derivados de petróleo e combustíveis e alimentos.”, ressalta Glaucus Botinha, diretor do Grupo Selpe, empresa especializada na seleção e encaminhamento deste tipo de mão de obra com atuação em Pernambuco e também diretor da Asserttem. Segundo ele, como boa parte do PIB do estado (acima de 70%) vem das atividades de serviços, este também é um setor que demanda contratações com destaques das áreas de serviços médicos, informáticos e tecnologia, de engenharia, consultoria empresarial, ensino e pesquisa, além do turismo.

O Trabalho Temporário – previsto nos termos da Lei Federal 6.019/74 e do Decreto nº 10.854/2021 – segue com seu importante papel de ser solução para as empresas atenderem suas demandas e ajudar o Brasil no combate ao desemprego. “Temos visto um volume expressivo de contratações nos setores de Serviços e indústria, setores que tradicionalmente contratam temporários. O setor do comércio ainda sente bastante a mudança de um modelo de vendas (do modelo físico para o On-line) mas são esperadas contratações no pico de vendas da Páscoa. Além disso com a modernização da legislação do Trabalho Temporário e novo decreto sobre o Setor melhoraram muito o ambiente de segurança jurídica e legal para o Trabalho Temporário”, afirma o executivo.

Algo já conhecido, mas que Botinha não esquece de reforçar é que o trabalho temporário é uma chance de conquistar uma vaga de trabalho permanente. “O trabalho temporário pela própria característica da modalidade é uma grande porta de inserção e contrações de 1o emprego, gerando milhares de oportunidades aos jovens e pessoas que iniciam suas carreiras. O índice de efetivação dos contratos temporários é próximo a 25% demonstrando que os verdadeiros talentos e profissionais que se destacam nesta modalidade terão oportunidades de seguirem trabalhando de forma efetiva”, finaliza Glaucus Botinha

DADOS EXPRESSIVOS – O mês de janeiro deste ano gerou 202.220 mil vagas temporárias, um aumento de 13,2% em comparação com o mesmo período de 2021, e o melhor resultado para o mês desde o início da série histórica, em 2014. Para a entidade este resultado foi uma grata surpresa, pois existia uma cautela de como seria o resultado deste primeiro mês e houve um número positivo no volume de contratações. De acordo com a ASSERTTEM, o destaque nas contratações de janeiro foi o setor de Serviços. No mês, o setor da Indústria foi responsável por 55% das contratações temporárias, seguido pelo de Serviços (35%) e Comércio (10%).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here