RECIFE: Escola Dom Bosco, em Jardim São Paulo, ganha novo Laboratório de Ciência, Tecnologia e Inovação, climatização e quadra requalificada

0
Foto: Andréa R^wgo Barros/PCR

As melhorias beneficiarão cerca de 500 estudantes de anos finais e do Programa Travessia. Prefeito Geraldo Julio esteve na unidade de ensino, que agora conta com 10º Laboratório de Ciências e Tecnologia da Rede, na manhã desta quarta-feira (14)

A Prefeitura do Recife entregou aos estudantes da Escola Municipal de Tempo Integral Dom Bosco, em Jardim São Paulo, o 10º Laboratório de Ciências e Tecnologia da Rede de Ensino. Os alunos também foram contemplados com a climatização das salas da instituição, além da reforma da quadra poliesportiva. Foram investidos cerca de R$ 500 mil, incluindo as obras civis da quadra e do laboratório, aquisição de kits de laboratório e outros equipamentos. Na manhã desta quarta-feira, o prefeito Geraldo Julio fez a entrega simbólica das melhorias e verificou cada detalhe da nova estrutura da escola e do laboratório.

“Escola Dom Bosco: a gente está aqui entregando o 10º Laboratório de Ciências e Tecnologia e Inovação da Rede Municipal. Um laboratório que tem física, tem química, tem matemática, tem biologia, mas tem também toda parte de tecnologia, inovação, robótica. A gente tem aqui uma impressora 3D, uma cortadora a laser e todos os equipamentos, além da internet. A gente acabou de conversar com os alunos que estão em casa e inclusive conversamos com pais e mães também que estão em casa. A gente queria muito que eles estivessem aqui com a gente nesta inauguração”, contou o gestor municipal. “Mas eles já estão tendo aulas daqui do laboratório e daqui da escola também de forma virtual. Na recepção da escola, eu já fui recebido por dois alunos que estavam no telão para receber a chegada da gente aqui na escola. Isso mostra que a escola está integrada com esses alunos e que esse laboratório pode ajudar muito o futuro dessas crianças”, comemorou.

Os novos espaços beneficiarão um total de 500 estudantes do 6º ao 9º Ano e do Programa Travessia (Correção de Fluxo), que estudam na unidade. O novo Laboratório de Ciências e Tecnologia recebeu pintura nova, bancadas em granito e climatização, assim como toda a escola. Os laboratórios seguem um padrão e dispõe de uma metodologia de aprendizagem inovadora distribuída em quatro quadrantes: robótica, experimentação, espaço maker e ciências. As instalações elétrica e hidráulica foram substituídas.

Nos espaços, os estudantes trabalham com kits de montagem de robótica, microscópios, vidraria, substâncias químicas reagentes, peças de anatomia básica, tablets, câmeras de foto, filmagem, impressora 3D, dentre outros itens. A capacidade do laboratório é de receber até 36 estudantes simultaneamente.

A quadra também foi toda reformada, com substituição do revestimento cerâmico instalação de tela do alambrado, regularização, pintura e nova demarcação do piso e da arquibancada, além de ganhar nova cobertura do vestiário e depósito do espaço.

A implantação dos laboratórios para os alunos do 6º ao 9º ano faz parte do programa Escola do Futuro, que tem como um dos pilares a inovação. As atividades desenvolvidas dentro de um ambiente de ciências e tecnologia ajuda a desenvolver o pensamento crítico e a incluir digitalmente os estudantes.

Com o da EMTI Dom Bosco, a rede agora conta com dez laboratórios em funcionamento, beneficiando cerca de três mil estudantes. Cada laboratório tem um investimento aproximado de R$ 200 mil, vindos do Tesouro Municipal. Vale ressaltar, ainda, que todas as unidades educacionais possuem acesso à internet.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here