Recife lança desafio público de inovação, aberta para universitários proporem soluções a problemas do município

0
Foto: Rodolfo Loepert/PCR

O primeiro tema será drenagem urbana. As inscrições estão abertas de 2 de agosto a 5 de setembro, pelo site do Tiradentes Institute. Vencedores ganharão viagem aos EUA

Buscando aplicar o conhecimento acadêmico adquirido nas bancas da faculdade, estudantes universitários vão poder elaborar inovações para solucionar desafios urbanos do Recife. O prefeito João Campos assinou nesta segunda-feira (2) um convênio com o Centro Universitário Tiradentes de Pernambuco (Unit), que cria um desafio proposto a estudantes e pessoas recém-formadas para sugerir soluções a problemas da cidade. É o primeiro projeto viabilizado pelo escritório de parcerias criado no município com o objetivo de ligar a comunidade acadêmica ao poder público, liderado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SDECTI). O edital tem como tema a questão da drenagem urbana. O projeto escolhido vai desenvolver uma solução e/ou tecnologia a ser adotada e executada pela Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb).

“Foi um compromisso nosso, ainda no ano passado, fazer um escritório de parcerias. É uma porta de entrada que vai dar destino a essa relação entre a prefeitura e a academia. Agora damos um passo importante com a materialização de uma parceria, enfrentando um problema da nossa cidade”, destacou João Campos. “Recife tem uma parte significativa do seu território em uma região de morro, mas outra parte significativa nas margens dos rios. E por que não fazer essa provocação junto aos estudantes, aos recém formados, para encontrarmos soluções que possam ser executadas na nossa cidade? Precisamos criar esse senso de participação, para que as soluções possam sempre ser pensadas conjuntamente”, completou o prefeito.

O edital completo do Programa Tiradentes Solutions, com os detalhes para a seleção de projetos, estará disponível no site https://tiradenteinstitute.com. Os interessados poderão se inscrever em duplas entre 2 de agosto a 5 de setembro, exclusivamente pela internet. Podem participar estudantes de quaisquer cursos de graduação oferecido pela Unit e profissionais recém-formados – com até três anos de conclusão – que residam no Recife e sejam egressos de qualquer instituição de ensino superior. Serão selecionados dez projetos para serem avaliados num pitch day – dia para apresentação, em poucos minutos, de ideias inovadoras, explorando características e benefícios dos projetos – para uma banca julgadora. Nesse evento, será selecionada a equipe vencedora e que desenvolverá a ideia. O pitch day ocorrerá no dia 20 de setembro.

Reitora da Unit em Pernambuco, Vanessa Piasson comemorou a parceria e disse estar feliz com a realização do convênio junto a prefeitura. Além dela, participaram da cerimônia de assinatura nesta segunda-feira outras representantes da instituição. “Ações como esta estão em sintonia com nosso pensamento de melhoria do entorno e são experiências do grupo realizadas com parcerias semelhantes, na cidade de Boston, nos EUA, com foco em projetos de desenvolvimento em criatividade e inovação, saúde e educação”, pontuou o Diretor de Relações Institucionais do Grupo Tiradentes, Saumíneo Nascimento.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Recife (SDECTI), Rafael Dubeux, o objetivo da iniciativa é valorizar soluções inovadoras desenvolvidas nas instituições de ensino e pesquisa em desafios urbanísticos da cidade, aliando o conhecimento à prática. Os projetos bem-sucedidos servirão de base para que a Emlurb adote a solução/tecnologia e já faça um plano de utilização. “Vamos aproveitar as ideias e projetos de universitários e profissionais recém-formados e colocá-las a serviço do município, gerando resultados concretos para a sociedade. Ganha a gestão pública, ganham as universidades e ganha, sobretudo, o cidadão recifense”, afirma o gestor municipal.

O projeto escolhido será desenvolvido ao longo de dez meses e será acompanhado por técnicos do Centro Universitário Tiradentes e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Recife. Durante o trabalho,  a dupla vencedora do desafio aberto receberá como prêmio uma viagem de cinco dias a cidade de Boston, em Massachusetts, nos Estados Unidos. Essa cidade abriga importantes universidades e institutos de pesquisa de destaque global, a exemplo do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, sigla em inglês) e diversos especialistas referência na temática do desafio.

As bolsas-auxílios e as despesas de viagem da dupla selecionada serão bancadas pela Unit, assim como toda a agenda de compromissos em Boston será programada pela Universidade.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here