VALORIZAÇÃO DA MULHER: Com o lema “Nosso Direito, Nossa Voz”, OAB/PE encabeça campanha de conscientização sobre a violência estrutural contra a mulher

0
Foto: Alysson Maria/OAB-PE

A campanha terá como foco, a valorização das políticas de afirmação feminina e será desenvolvida em parcerias com instituições públicas e privadas

Em uma reunião no gabinete da presidência da OAB Pernambuco na quinta-feira (11/02), foram fechados os detalhes da campanha institucional de valorização da mulher que a seccional pernambucana irá encabeçar a partir de março, Mês da Mulher. Com o lema “Nosso Direito, Nossa Voz”, a campanha visa formar um grande movimento coletivo na sociedade civil de conscientização sobre a violência estrutural contra a mulher e de que essa violência precisa ser combatida com a inserção das mulheres nos espaços da sociedade. Na OAB-PE, a campanha será comandada pela vice-presidente Ingrid Zanella com apoio das Comissões da Mulher Advogada e de Defesa, Assistência e Prerrogativas (CDAP).

A campanha terá como foco valorização das políticas de afirmação feminina e será desenvolvida em parcerias com instituições públicas e privadas. As temáticas de valorização feminina e de conscientização sobre a violência estrutural contra a mulher serão trabalhadas em peças informativas a serem divulgadas nos canais de comunicação da OAB-PE e das entidades parceiras, e também por meio de políticas institucionais de valorização da mulher em cada uma das instituições.

A reunião que tratou da iniciativa foi comandada pelo presidente da OAB-PE, Bruno Baptista, e pela vice-presidente, Ingrid Zanella, e contou a participação da vice-governadora, Luciana Santos, que falou do apoio do governo estadual a políticas de emancipação feminina. Também participaram do encontro o diretor-geral da ESA, Mario Guimarães; o conselheiro seccional Nelson Barbosa; Roseane Faneco e Luciana Pimentel, representando o Grupo Mulheres do Brasil; Adriana Albuquerque, Procuradora da Fazenda, representando a associação Tributo a Elas; e Fernanda Lima, dirigente do Sebrae.

“A pauta feminina é uma pauta prioritária para a OAB. É tanto que hoje temos 43% dos cargos de direção na OAB de Pernambuco ocupado por mulheres e temos defendido as ações das comissões temáticas de afirmação feminina. Esse projeto, tenho certeza, será muito relevante para a advocacia e para a sociedade”, afirmou o presidente Bruno Baptista.

“O objetivo é construirmos uma grande rede em defesa das causas das mulheres, priorizando o enfrentamento à violência contra a mulher, a violência contra a mulher negra e o público LGBTI, as prerrogativas da mulher advogada e o apoio à jovem advogada, entre outros temas”, disse a vice-presidente, Ingrid Zanella.

“É gratificante ver que as instituições estão se mobilizando em torno dessa causa, principalmente neste momento tão difícil que estamos atravessando”, avaliou a vice-governadora Luciana Santos.

Dentro do projeto, o diretor-geral da ESA, Mario Guimarães, anunciou que a Escola irá adotar o programa ESA + Mulher, que prevê descontos em cursos e nos tokens para gestantes ou mulheres no primeiro ano de maternidade. A representante do Sebrae também falou no fomento de programas de empreendedorismo voltado às mulheres.

O programa será oficialmente lançado em março. Durante o mês de fevereiro, alguns cards informativos serão disponibilizados sobre algumas das iniciativas previstas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here