Serviço de Cirurgia Vascular do HC passa a oferecer mais um procedimento com tecnologia de ponta

0

Técnica cirúrgica possibilita uma recuperação mais rápida e é indicada para tratar doença venosa crônica e varizes

Uma técnica cirúrgica minimamente invasiva, eficiente e sem a necessidade de anestesia geral ou ráqui vem sendo realizada, desde meados de janeiro, pelo Serviço de Cirurgia Vascular do Hospital das Clínicas da UFPE, vinculado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). O procedimento denominado Termoablação de Veia Safena com Endolaser permite que a parede interna da veia seja queimada por meio de um laser, havendo poucos cortes, o que possibilita uma recuperação mais rápida para o paciente, sendo indicado para tratar doença venosa crônica e varizes.

De acordo com a cirurgiã vascular do HC Catarina Almeida, essa técnica difere do tratamento convencional pois não gera muitos hematomas, não acarreta longos períodos de recuperação e pode ser feito em todos os diferentes estágios da doença venosa crônica com segurança utilizando anestesia local.

“O tratamento com o endolaser pode ser feito ambulatorialmente e, hoje, este tipo de procedimento é a primeira opção para o tratamento de veias safenas em várias sociedades médicas. Aqui no HC, nós oferecemos aos nossos pacientes tratamentos menos agressivos, menos invasivos e mais seguros e que são considerados de ponta”, explica.

Catarina Almeida ainda ressalta que em termos de ensino, procedimentos como esse contribuem para a formação dos residentes do Programa de Residência Médica em Cirurgia Vascular, pois eles têm a possibilidade de aprender o que há de mais moderno na cirurgia vascular.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here